7 de abril de 2014

A População Brasileira Não Merece Ser Estuprada Pelo Feminismo


Nas últimas semanas o Feminismo veio para o foco da opinião pública devido a pesquisa infame do IPEA sobre o estupro. O bom disso é que reapareceu um material bastante farto sobre o feminismo e trouxe para superfície um monte de merda que estava meio “camuflada” diante de tal ideologia. Aqui neste post vou fazer uma compilação de diversos assuntos, a começar pela patifaria do “Não Mereço Ser Estuprada” que surgiu devido a tal pesquisa do IPEA. O interessante é que mesmo depois de o IPEA ter assumido o erro e mesmo depois de ter vindo à tona todo mar de lama que é o Movimento Feminista no Brasil (e no mundo), as pessoas parecem estar anestesiadas.

PESQUISA DO IPEA

Bom... Vamos começar desmentindo todos os mitos referente a essa pesquisa. Como sabemos, as pessoas adoram se apoiar em números e NÃO SABEM INTERPRETÁ-LOS, é preciso que alguém faça isso para elas. Se aproveitando disso, é muito fácil manipular a população que é “apaixonada por estatísticas” mas não sabe lê-las...

O Felipe Moura Brasil em seu blog detonou a pesquisa em pedacinhos. Você pode até não concordar com o que ele falou, mas pro favor, pelo menos tenha a honestidade de no seu íntimo contradizê-lo (já que não têm coragem suficiente de partir para um embate).

Felipe Moura Brasil:
- A culpa do estupro não é da mulher, mas a da confusão é da pesquisa do IPEA! Essa, sim, merece ser “atacada”!
- Estupro? Machismo? Culpa? Levante a plaquinha: “Eu não mereço ser enganada pelo IPEA!” E mais: maioria defende pena de morte ou prisão perpétua a estupradores!
- Reportagem, não! Fantástico faz propaganda da campanha “Eu não mereço ser estuprada” e da pesquisa do IPEA
- O Relatório Moura Brasil sobre a pesquisa fajuta do IPEA (e a cabeça dos ativistas). E não é que os especialistas de verdade concordam comigo? Ai, que chato! Manchetes comprovam: verbo “atacar” não é só estuprar! Jura?…
- O país da intervenção – militar, jornalística, acadêmica, governamental, cirúrgica… É muita gente intervindo antes de tentar compreender (ou a fim de avacalhar mesmo) - (esse fala de diversos assuntos...)
- País de estupradores, uma ova! IPEA admite que… eu estava certo! Ai, que chato! Maioria discorda de ataques às mulheres! Só falta o instituto, os jornais, a TV e os ativistas admitirem o proselitismo ideológico também
- A verdadeira cultura do estupro

Diário de Uma Neurótica
- O estupro do IPEA

Implicante.Org
- 65% da população concorda que mulher de roupa curta “merece” ser estuprada? Muita hora nessa calma.

Adolfo Sachsida
- Contraponto ao IPEA: Brasileiros desprezam a violência contra a mulher

INTERESSANTE:
- O Brasil estava pegando fogo em escândalos. A Opinião Pública precisava mudar de foco pois estavam batendo muito no atual governo (isso sem falar nos projetos de lei que estão circulando em Brasília). É inegável que essa pesquisa serviu de uma cortina de fumaça. É tão obvio que qualquer um que não tenha notado isso instantaneamente não se sinta um idiota. Sabemos como brasileiro odeia se sentir idiota, né? Então é melhor negar que fez papel de um...

VOLTANDO NO TEMPO...

Quem não se lembra daquele videozinho de bosta em que “Mulheres Sugerem Ensinar os Filhos a Não Estuprarem”? Aquele videozinho histérico da marcha das vadias... Não lembra? Veja ele aqui “NÃO ESTUPRE! | Dicas da Marcha das Vadias/DF”.

Foi a partir deste vídeo que começou um avanço (ou seja, já existia e aumentou a portência...) fenomenal dessa ideia e sua difusão (principalmente nas redes sociais) dessa tal de "cultura do estupro". Será que a pesquisa do IPEA já estava prevista quando esse vídeo foi elaborado? Ou será que veio depois? Ou será que foram concebidos juntos?? O vídeo foi publicado em 19 de Junho de 2013 (ou seja, foi pensado, no mínimo, um pouco antes para ter o tempo de produção). E, quando foi a coleta de dados do IPEA? MAIO E JUNHO DE 2013! Muita coincidência, não? (veja a publicação da pesquisa do IPEA)

Agora... Que tal ver este vídeo do Ukyo Tachibana destruindo esse videozinho e essa tal de “Cultura do Estupro”?

- Feministas; NÃO MINTAM: a "cultura de estupro" é uma FARSA! (Re: "Homens, não estuprem")


Acrescento ainda a série de reportagem que vem saindo na mídia sobre abusos de mulheres, principalmente nos transportes coletivos. Isso gera um clima propício e vindo uma pesquisa à tona neste exato momento só confirmaria o que alardeiam. Mesmo essa pesquisa sendo falsa. E foi exatamente isso que aconteceu. Veio a pesquisa, soltou os dados, a imprensa alardeou o resultado da pesquisa e, depois, com o “reconhecimento” do equívoco não deu a devida retratação.

O ser humano guarda de forma mais fácil os registros que eles sintam emoções mais fortes. O mínimo que uma grande mídia sincera poderia ter feito é dar atenção igual ao que deu na divulgação do resultado errado.

Sabe o que vai acontecer? Ou, melhor, já está acontecendo? Os números corrigidos ainda são altos (26%) para quem tem em mente ESTUPRO. Como houve a tal da “retratação”, os que estavam contrários estão gritando de peito estufado que tinham razão sem se tocar que para o que implantaram o número ainda é alto. Tem que tocar no ponto que essa pesquisa NÃO REPRESENTA a população brasileira e principalmente que AS PERGUNTAS SÃO AMBÍGUAS. A PESQUISA DO IPEA TEM ERROS METODOLÓGICOS SÉRIOS! E, infelizmente, o brasileiro “comum” não sabe interpretar dados de pesquisa e é facilmente feito de idiota...

O MOVIMENTO FEMINISTA NO BRASIL

Sabe o que é mais interessante? Que muitas mulheres não se sentem representadas por esse feminismo que está na mídia e que faz um barulho retado. Na verdade, só imbecis universitários e alguns tirados a “descolados” que dizem “O Feminismo me Representa”.

Talvez as mulheres não se sintam representadas porque o movimento feminista fuja um pouco do FEMININO, não é? Recomendo a postagem “O Feminismo e o Culto ao Masculino”. Neste post foram apresentados alguns vídeo sendo que dois deles foram elaborados por mulheres e um deles por uma mulher que estuda o movimento e conta a História do Movimento Feminista.

Abaixo um vídeo MARAVILHOSO! Ele tem como tema o ABORTO. O importante deste vídeo é a denúncia de quem está por trás do feminismo.



Vejam esse outro vídeo que mostra um pouco dos objetivos da emancipação da mulher:



Já esse vídeo do Clarion de Laffalot mostra um pouquinho da IDEOLOGIA feminista e um pouco da ESTRUTURA DO PENSAMENTO DOS MOVIMENTOS REVOLUCIONÁRIOS.

Machismo Não Existe!


A RELATIVIDADE MORAL

Eu me posiciono de forma clara de objetiva: Para mim, estuprador deve ser punido severamente e “premiado” com as penas mais pesadas. Ele destrói o psicológico da mulher, da família, de quem está ao redor e causa insegurança à mulher. Infelizmente não existe sentença de pena de morte no Brasil, para mim, essa seria a ideal. Homem que bate em mulher é um covarde e merece sim ser obrigado a ficar longe dela e, diria até, levar uns "corretivos" também.

Estuprador é bandido, assim como é bandido também o assassino. Para mim, ambos devem ser punidos... Contudo, sabe o que é mais interessante? Boa parte das pessoas que alardeiam essa tal de “violência contra a mulher” (o estupro, principalmente) defendem os bandidos que assassinam (vítima da sociedade).

As feministas, POUCO DEPOIS DE SAIR A PESQUISA, decidiram fazer uma campanha distribuindo alfinetes para espetar os homens que abusam delas (eu particularmente sou a favor da mulher andar com spray de pimenta, uma arma de choque ou até uma arma de fogo para se proteger), mas boa parte dessas são a favor do desarmamento.

Essas mesmas mulheres riram quando uma médica mandou cortar o órgão sexual do seu ex noivo que desistiu do casamento faltando poucos dias. Detalhe é que este crime não tem relação com a pesquisa pois o crime ocorreu em 2002 e ela foi condenada em 2009... Mas nesse “mar de fogo” vem uma notícia dessas e as feministas, claro, aplaudem (clara intenção da grande mídia de gerar notícia sobre o assunto).

Fizeram ainda campanha para colocar o homem com vergonha de si mesmo somente pelo fato de ser homem. Essa foi a mais ridícula! Cara... Até bandido em prisão é intolerante com estuprador! Olhe ao redor e veja que os homens repudiam o estupro e que as ocorrências são devido a psicopatas. Olhem as reações negativas e o sentimento de perplexidade que tomou conta do país quando veio o resultado da pesquisa do IPEA. É preciso ser muito desonesto...

Concluindo...

Então, o que irá acontecer? Na minha opinião, NADA DE DIFERENTE. Vão continuar alardeando que há uma “cultura do estupro”, vão continuar alardeando que a “sociedade é machista”, vão continuar alardeando que “o homem é opressor” e, em pouco tempo, vão usar esses dados da IPEA como verdadeiros, já que as pessoas ou vão esquecer ou vão lembrar do fato vagamente (talvez até esquecendo que ele foi corrigido).

Além disso, vão bater o tempo inteiro na tecla que “26% dos brasileiros concordam que mulher que usa pouca roupa merece ser estuprada”, fazendo a troca do termo “atacada” por “estuprada”. “Uma mentira contada várias vezes vira verdade” e o feminismo, como um movimento marxista, sabe muito bem disso.

Esse ano também é de eleição então as feministas estão em “estado potencial” para serem ativadas por qualquer “alarde midiático” que se precise fazer para abafar algum escândalo. Essa é uma das formas que se manipula massas. Fora que tem candidata mulher que quer tirar proveito disso, né? Ou se esqueceram da declaração dela no dia internacional da mulher?

Por fim, deixo esse post titulado “O terrorismo psicológico sobre estupro: feministas usam a pesquisa do Ipea e manipulam dados mais uma vez”.

Caso você tenha lido tudo e assistido todos os vídeo e ainda não tenha quebrado toda essa confusão que estão fazendo na cabeça do brasileiro, terei imenso prazer em conversar. A População Brasileira Não Merece Ser Estuprada Pelo Feminismo. Aliás, ninguém merece ser estuprado. ;)

6 de março de 2014

[COMUNICADO]


Alguns devem ter percebido minha ausência por 48h. Os motivos foram muitos e, dentre eles, é que estava marcado pelo Facebook para realizar qualquer ação. Assim, decidi pelo afastamento momentâneo, afastamento esse que me rendeu muita coisa boa e algumas análises interessantes que irei compartilhar com vocês no decorrer dos próximos dias.

Aproveito para comunicar um pouco o direcionamento que essa página terá até o dia 19/03/2014.

Como muitos aqui devem ter percebido e recebido mensagem, a MARCHA DA FAMÍLIA COM DEUS PELA LIBERDADE está sofrendo ameaças dos grupos de esquerda.

Esses grupos não são amadores (ou são amadores guiados por profissionais). Assim, faz-se necessário um contrabalanceamento do que vem ocorrendo.

Não tenho ligação alguma com nenhum dos organizadores da Marcha da Família, mas acredito que se trate de um evento importante devido aos rumos que o país está tomando e ao fato de alguém estar tomando alguma iniciativa diante de milhões de brasileiros que se encontram perdidos no que fazer.

Assim, como sou profissional do ramo de comunicação, decidi dar meu APOIO TOTAL E GRATUITO A MARCHA DA FAMÍLIA COM DEUS PELA LIBERDADE. Irei fazer isso dentro das minhas possibilidades e área de conhecimento estratégico.

CONTO COM O APOIO, COLABORAÇÃO E COMPREENSÃO de vocês para divulgar, compartilhar, dar sugestões e me deixar um tanto informado sobre outros acontecimentos que vem ocorrendo no mundo.

Vamos que Vamos! Não vamos deixar a esquerdalhada atrapalhar esse movimento. Tomei a liberdade de rebater algumas ações desses VERDADEIROS FASCISTAS. Sim... Eles nos acusam disso, mas na verdade o Fascismo está encruado na mente desses papagaios que só repetem o que ensinaram a eles. São peças para difundir uma das táticas de Lenin: "Acuse-os do que você faz, xingue-os do que você é."

Os cientes disso sabem exatamente que o Brasil caminha para (na verdade já está) uma economia fascista e um regime totalitário comunista, nos moldes da China, mas antes terá que passar pelo que atualmente passa a Venezuela.

Finalmente, precisamos de uma união de forças nesta causa e eu comprei essa briga. Se algum organizador tiver interesse em entrar em contato comigo pode deixar sua mensagem nos comentários com seus contatos (ou ir na nossa Fan Page e falar no privado). Os comentários são moderados e eu não o publicarei, a menos que seja de vontade explícita do organizador. Da mesma forma, se a organização achar melhor que eu pare, é só informar.

Farei outras postagens sobre o assunto Marcha da Família com Deus pela Liberdade.




19 de fevereiro de 2014

Reflexões Sobre a Venezuela e a Ucrânia


O mundo nos últimos tempos tem estado em constante conflito. Fato esperado por quem vem estudando um pouco sobre o assunto “Nova Ordem Mundial”. Nesse estudo é importante a gente sempre buscar entender o que está acontecendo fazendo relações, mesmo que pareçam absurdas, pois eles fazem uso do absurdo para os povos não acreditarem enquanto eles te espetam uma lança nas costas.

A situação tanto na Venezuela quanto na Ucrânia não foram causadas de uma hora para outra e os problemas não estouraram da noite para o dia, mas a intensificação dos conflitos nesses dois países, AMBOS BASTANTE LIGADOS À RÚSSIA, nos últimos meses me fez pensar com meus botões.

Para entender um pouco minha linha de pensamento, é importante ter em mente que os EUA é o “principal país” a ser derrubado no Ocidente (para qualquer um do tripé Globalista - Metacapitalistas, Comunistas e Islâmicos) e que há um bloco, o Russo-Chinês (ponta eurasiana) que estão se armando e fortalecendo militarmente de forma bastante intensa.

É importante também saber que os globalistas têm uma lista de prioridades de metas que, para alcança-las, é possível (e provável) que façam alianças para depois eles se acertarem, se apunhalarem pelas costas mutualmente. Para complicar ainda mais o “bolo doido”, tem o Foro de São Paulo que “reza a cartilha” da América Latina e que hoje é útil como destruição de nacionalidades em escala mundial. Se o Foro de São Paulo é uma ferramenta ou se está apenas sendo usada, confesso que ainda não me aprofundei tanto assim no assunto (mas isso não é tão importante para o final dessa reflexão).

Existe ainda o fato de “os reis da desinformação” ser exatamente os soviéticos (ou, se preferir, os russos) que pretendem cair em cima dos EUA. As mídias sociais estão FERVENDO de informações sobre a Venezuela, muitas falsas, muitas verdadeiras, outras claramente com a intenção de conduzir comportamentos (isso lembra desinformação?). Mas há em muitas (a maioria delas) algo em comum: “Cobrança de algum posicionamento dos EUA eu relação à Venezuela”.

Antes de continuar, é importante deixar claro que não estou refletindo a nível local (América Latina, mais especificamente América do Sul ou Brasil), estou falando de escala mundial e de algo muito maior.

Os EUA hoje têm dois inimigos fortes, como já dito, a Rússia e a China, e certamente está atento em relação a eles. Embora sejam notícias velhas o fato dos 100mil chineses e as alianças de países da América do Sul com a China, todas conduzem para atiçar o conflito EUA vs China. E há, inclusive, circulando na mídia que os EUA estão alerta para um ataque chinês a qualquer momento. (Ps: A Situação dos 60mil cubanos é mais a nível local).

Então, concluindo a reflexão... SUPONDO que a Rússia esteja por trás dos acontecimentos da Venezuela e da Ucrânia, fomentando tanto um quanto o outro, e estimulando os EUA a agir na Venezuela empurrando para o conflito com a China, Vladimir Putin poderá agir militarmente com mais tranquilidade na Ucrânia reanexando o país para sua influência, mina os EUA e fere a China. Isso se os EUA não resolver agir em dois frontes (o que acho difícil, mas não impossível) dando apoio a União Europeia e defendendo o seu em relação à China.

Como disse no início do post, pretendo apenas fazer uma reflexão e uma inserção de ideias. Colocar pensamentos em circulação, sem a pretensão de fechar o raciocínio, mas pelo contrário, buscar que pessoas que estejam buscando compreender o problema pensem junto comigo (de preferência nos comentários deste post ou na fan page do Moral Brasileira).